Fórum Municipal pelo Fim da Violência e da Exploração Sexual Infantojuvenil de Chapecó celebra 20 anos.

Alto índice de violência sexual praticado contra crianças e adolescentes. Este era o cenário em Chapecó no ano de 1998. Preocupados com essa realidade, profissionais se reuniram e fundaram, em maio, o Fórum Catarinense pelo fim da Violência e da Exploração Sexual Infantojuvenil.

O primeiro coordenador estadual foi o Promotor de Justiça Dr. Gercino Gomes Neto que, durante vários anos, impulsionou os Fóruns de todo o estado. A primeira meta do Fórum, que estava sendo fundado, foi de que todos os municípios catarinenses deveriam ter seu fórum municipal.

Os profissionais de Chapecó, seguindo as diretrizes estaduais fundaram no dia 24 de setembro de 1998 o Fórum Municipal Pelo Fim da Violência e Exploração Sexual Infantojuvenil de Chapecó.

Uma dessas profissionais, homenageada no dia 24 de setembro de 2018 durante evento celebrativo, é a atual diretora presidente do Instituto Saga, Marlene de Andrade. O Fórum destacou a forma comprometida com que os profissionais precursores assumiram a causa e trabalharam de forma árdua para descontruir situações que contribuem para a perpetuação da violência e exploração sexual de crianças e adolescentes.

Marlene afirma que o trabalho sempre foi realizado de forma séria e comprometida. “Foram muitas ações feitas e que continuam sendo realizadas pelos atuais membros. Infelizmente, ainda temos muito trabalho a ser realizado enquanto profissionais e enquanto sociedade porque apesar de todo esforço nesses 20 anos, ainda vemos diariamente casos acontecendo em nossa cidade e região”, relata.

O Fórum

Desde a fundação em 1998, inúmeros profissionais das áreas da educação, saúde, assistência social, universidades, Justiça, Ministério Público, conselhos tutelar e de direitos, polícias civil, militar, federal, rodoviária federal, organizações sociais como o Gapa e JCI, entre outros, começaram a pensar a violência sexual de crianças e adolescentes como um fenômeno que precisava ser melhor compreendido. Vários grupos de estudo foram formados por estes profissionais qualificando cada vez mais suas intervenções nos diferentes espaços públicos.

As ações ao longo dos anos foram desenvolvidas sempre tendo como meta a prevenção, atendimento qualificado e humanizado, a proteção das crianças e a responsabilização de quem abusou. O Fórum Municipal avalia que o trabalho precisa continuar e que as campanhas precisam ser cada vez mais efetivas pois mesmo após 20 anos de trabalho árduo, sério e comprometido, crianças e adolescentes continuam sofrendo com a pior de todas as violências: a violência sexual.

Evento

 Para comemorar os 20 anos do Fórum Municipal pelo Fim da Violência e Exploração Sexual Infantojuvenil, foi realizado no dia 24 de setembro, no Salão de atos da Unochapecó, uma programação que contou com a fala do Procurador Geral de Justiça/SC, Dr. Gercino Gerson Gomes Neto, sobre a História do Fórum Pelo Fim da Violência e Exploração Sexual Infantojuvenil; e da professora da Unochapecó Dra. Deborah Amorim, sobre os 20 anos do Fórum Municipal pelo Fim da Violência e Exploração Sexual Infantojuvenil.

Depois houve debate; homenagem aos precursores; explicação por Ricardo Malacarne e Claudia Fantin sobre o Projeto Faça Parar; lançamento dos textos do Faça Parar, 5ª edição, por Ricardo Malacarne/Dirceu Hermes; e lançamento do Vídeo Abuse do Diálogo, pela coordenadora do Projeto Abuse do Diálogo, Daniele Balestro, e pelo presidente da JCI, Gustavo Cima Carbonera.

 






Saga
Av. Nereu Ramos, 1750 E,
Bairro: Passo dos Fortes,
Mercado Público Regional,
Chapecó – SC
(49) 3322 8006
Newsletter
Horário de Atendimento: Segunda a Sexta-feira, das 8:00 às 12:00 e das 13:30 às 17:30
© 2017 – SAGA – Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Ipse